COMO SURGEM IDEIAS CRIATIVAS QUE VIRAM TENDÊNCIAS?

Você sabe como surgem as ideias criativas que viram tendências? Pois a Evva te conta através da Teoria Maya, do Raymond Loewy. 

idea 1

Era uma vez um órfão francês que chegou em Nova York em 1919 após perder os seus pais em uma pandemia de gripe. O seu nome era Raymond Loewy e poucas décadas depois já era conhecido como o pai do design moderno. 

Esse homem criou o logotipo da coca-cola, ajudou a recriar o carro esportivo, o trem moderno, o ônibus de Greyhound e o design do icônico maço de cigarros da Lucky Strike.  

Nas décadas de 1940 e 1950 apresentou trabalhos relevantes, trabalhou na modelagem de interiores de aviões comerciais e, também, na concepção de carros, incluindo diversos modelos que contribuíram para a popularização dos automóveis individuais entre os cidadãos americanos. 

Há inúmeros trabalhos de Loewy e depois da Segunda Guerra Mundial, os Estados Unidos viveram um período excelente na economia. Foi nessa época que o design dos produtos começou a ser importante para a concorrência. 

Raymond Loewy era um visionário e criou uma teoria chamada MAYA (Most Advanced, Yet Acceptable), que em português significa “o mais avançado, porém aceitável”.

De acordo com o termo inventado por ele, pode-se inserir mudanças em qualquer tipo de produto, mas sem exagero, em suma, o princípio é o equilíbrio entre a novidade e a familiaridade

Esse termo busca explicar porque algumas ideias criativas geram tantos resultados e outras não. 

A sua teoria era de que a maioria dos consumidores não usariam um produto muito complicado ou muito diferente daquilo com o que ele já está acostumado (familiaridade), assim, deve-se introduzir pequenas mudanças gradualmente para fazê-los se acostumarem aos poucos (novidade).

Era como se ele adivinhasse as necessidades das pessoas antes mesmo que elas se dessem conta, da mesma maneira que fazia Steve Jobs.

CONCEITO MAYA PARA IDEIAS CRIATIVAS!

Esse conceito serve para explicar as ideias criativas e virais, como aquelas canções que invadem a cabeça dos ouvintes e até mesmo o sucesso dos “memes” (esse termo grego que significa imitação e refere-se ao fenômeno da viralização de um vídeo, imagem, frase, ideia, música e etc) no mundo da internet.

Após a revolução industrial, as pessoas foram incentivadas a desejarem aquilo que a indústria produzia para a massa e, mais recentemente, ensinadas a querer ansiosamente as coisas novas.

E muito similar ao marketing moderno, Loewy acreditava que precisava conhecer a fundo o seu público antes de criar produtos para atendê-los.

Enfim, a teoria de Loewy expõe a tensão entre o desejo das pessoas serem surpreendidas e se sentirem confortáveis, assim, grandes ideias criativas trazem juntamente a inovação e a familiaridade. 

As coisas conhecidas geram um engajamento maior. 

É dar as ideias antigas, uma nova cara, assim abrange a familiaridade e a surpresa.

Um exemplo disso é o filme “Titanic”, onde há uma renovação da história de Romeu e Julieta, mas apresentada num cenário de uma tragédia. Portanto, algo com cara de novo, mas com algo conhecido do público. 

A explicação de Loewy é que qualquer mudança deve ocorrer paulatinamente.

São as pequenas inovações em itens já conhecidos que vão construindo aos poucos a imagem na cabeça das pessoas.

Para vender algo surpreendente, torne-o familiar.

A TEORIA DE MALCOLM GLADWELL

malcolm gladwell

Outra teoria que explica  como é possível transformar uma ideia em uma tendência, pode-se ler no livro “O Ponto da Virada” do jornalista e pensador, Malcolm Gladwell.

Em síntese, o autor explica que é possível alavancar suas próprias ideias, a ponto de fazer com que elas cheguem até as grandes massas.

De acordo com o autor, o modo como agimos perante a vida não depende apenas de nossos genes, mas sim, da influência das outras pessoas à nossa volta.

Para Malcolm, o “ponto da virada” se refere ao momento em que uma mudança entra em ebulição. Ou seja, quando uma simples ideia, um assunto pouco abordado, ou uma causa “menos comum”, se transforma em uma tendência, ditando comportamentos sociais.

 Ele chama de epidemias sociais, é como a disseminação de um vírus, ou seja, ele até pode se espalhar de forma lenta, no entanto, à medida que mais pessoas se infectam, como numa pandemia, o vírus se estabelece rapidamente, aumentando a velocidade da transmissão. De acordo com Malcolm, o momento crítico da disseminação de algo (nesse caso, o vírus) pode ser denominado de ponto de virada.

Steve Jobs reuniu diversas tecnologias que já existiam e apresentou um produto com pequena mudança, mas com grande impacto no mercado, demonstrando que muitos consumidores não estão procurando por novos produtos, mas por pequenas melhorias e adaptações dos produtos que eles adoram.

Ele comenta que uma “epidemia bem-sucedida” deve se fundamentar em uma fé inabalável de que a mudança é possível e de que todo mundo pode transformar os comportamentos e crenças, se forem estimuladas corretamente. (leia mais no site resumão de livros

Nos dias atuais, na era digital há uma maior velocidade de disseminação das ideias. As redes sociais e as plataformas de compartilhamento de conteúdo permitem que as ideias se disseminem rapidamente, ultrapassando barreiras geográficas e culturais.

Uma ideia interessante deve se espalhar e ganhar visibilidade, pois quanto mais pessoas estão expostas a essa ideia, ela pode ser difundida e se transformar numa tendência, outra forma, seria quando uma ideia é aceita por um grupo influente ou uma comunidade específica, ou ainda, quando influencers ou pessoas famosas seguem a ideia.

Evva relatou algumas concepções para explicar como ideias criativas podem virar tendências.

 

GOSTOU DESTE CONTEÚDO? ACOMPANHE NOSSO INSTAGRAM PARA FICAR POR DENTRO DE TODOS ASSUNTOS DE MARKETING DIGITAL!

Compartilhe

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Facebook

2 respostas

  1. Achei bem legal este conteúdo. Parabéns, Rita! Tenho sentido o mercado de Marketing Digital escasso de criatividade e é algo que precisa ser explorado novamente, acredito que o dia a dia corrido impede muito que isso aconteça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

QUER FICAR POR DENTRO DAS NOVIDADES?

Assine nossa newsletter